terça-feira, 13 de março de 2007

Uma coisa é uma coisa...

... e outra coisa é outra coisa.
Cultura não é sinônimo de inteligência e vice-versa.

Cultura tem muito mais a ver com memória e oportunidade do que com inteligência. Conheço pessoas que têm uma bagagem cultural bem bacana, mas que não são inteligentes. Assim como conheço pessoas inteligentes que não são cultas, ou por falta de oportunidade ou por terem memória ruim.

Eu me encaixo nas que têm memória ruim. Aliás, a tecla DEL do meu cerébro funciona tão bem que às vezes deleta até o que não deveria.

[tentando um CTRL Z]

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi Carol,

Um dia disse que você era uma graça. Hoje, acrescento que você é "simplesmente um luxo!" (O Athayde Patrese era horrível, mas seu bordão é eterno...)
Bjks

Edson Correia disse...

Que coisa! Não sou anônimo coisa nenhuma!!!
Sou o Édson

Igor Cruz - SUBUrbano e fudido. disse...

É isso. Tem um filósofo que dizia (eu também tenho memória ruim)"...quem tem mais dúvidas, aprende mais..." - acho que é isso, alguma coisa neste sentido. Inteligência é respeitar quem sabe e quem não sabe (leia-se: que sabe coisas diferentes de você) e estar sempre preparado para aprender. Cultura, pode ser particular, cada um pode ter a sua.

Elisandro disse...

Putz, nem fala em deletar! E quando vc vai apresentar uma pessoa antigona na sua vida e na hora de falar o nome não sai nem vento! ? Não sei nem o que usar pra isso, interrogação ou exclamação.

Mas é exatamente isso:

Cultura vs Inteligência. Na verdade eu quis dizer diferente, mas não achei o sinal de diferente no Google. :))))))

Eu acho que isso é pelo menos um alívio pra mim, porque ainda me resta talvez uma chance de ser ou culto, ou inteligente. E dependendo da situação não fico com nenhuma das opções...

abraço.