sábado, 5 de julho de 2008

Código de barras

Vivemos em uma época onde tudo é fabricado em série:
os carros;
os eletrônicos e eletrodomésticos;
as roupas;
as notícias;
algumas pessoas...

Tudo segue uma seqüência, nem sempre lógica. E tudo vira mercadoria; produto; algo consumível.

E assim, pasteurizamos a vida. Que triste.

_________________________________

Um psicanalista inglês alerta que a "geração facebook" (ou geração Orkut, no Brasil) corre o risco de perder a identidade. "É um mundo onde tudo se move depressa e muda o tempo todo, onde as relações são rapidamente descartadas pelo clique do mouse, onde se pode deletar o perfil que você não gosta e trocá-lo por uma identidade mais aceitável no piscar dos olhos", disse Himanshu Tyagi.

O psicanalista acha que o anonimato e a falta de experiência sensorial das conversas realizadas no mundo virtual poderia mudar a percepção de interatividade e criar uma visão alterada sobre a natureza dos relacionamentos.

"A nova geração, que cresceu em paralelo ao avanço da internet, está atribuindo um valor completamente diferente para as relações e amizades, algo que estamos fracassando em observar", afirma Tyagi.

Outros especialistas discordam e dizem que Tyagi exagerou no raciocínio.

Honestamente, eu só posso dizer que o mundo virtual ainda me assusta.


[a íntegra da matéria pode ser lida na BBC ou em qualquer site que repercuta as notícias da tv britânica]



5 comentários:

james emanuel disse...

Parece que o "self" está mudando velozmente de significado...

Muito interessante.



Beijo.

Ricardo Soares disse...

muito interessante o teor desse post ...interessante e assustador...bj

Bruno Romano disse...

Concordo em partes com o nosso amigo "psica"...
Encaro o Orkut puramente como SITE DE RELACIONAMENTO. Como morei em várias cidades vivo reencontrando os velhos amigos. Orkut pode sim pirar uma pessoa, mas é uma FERRAMENTA. Cabe a vc usar corretamente (ou pro bem) ou incorretamente (ou pro mal).
Preciso de um parecer técnico no meu blog, passa lá!!

Bjão Cá.

Renata disse...

Acho q vc tá idosa.

lavieenroserose.wordpress.com

Daniela Peregrino disse...

Tinha medo da internet, mas aprendi a usá-la para o bem. Mas, acho que esse psicanalista tem um pouco de razão, digo isso observando o comportamento do meu filho que está crescendo lado a lado com essa ferramenta.

Gostei muito daqui, voltarei.
Posso te linkar?

Abraço.