quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A Comunicação

Agora estou aqui checando emails, falando com alguns amigos pelo msn e vendo o que rola nas redes sociais das quais participo. Mas ontem eu estava nesse barco do vídeo, indo com o coordenador do Instituto Mamirauá até uma das comunidades que fazem parte da reserva entregar uma carta a um ribeirinho.
Eu, do Amazonas, falo em tempo real com o namorado que está em São Paulo, pelo computador, celular ou torpedos. Mas para algumas pessoas - mais do que imaginamos - a única forma de comunicação são cartas. E entregues sem a ajuda dos Correios.
Navegamos 7 horas para ir e voltar desse lugar; mais de 350 km pelo Rio Solimões para que a carta chegasse ao destino.
Esse é o Brasil que nós, moradores das grandes cidades, não conhecemos.
Um Brasil sem saneamento básico, sem energia elétrica, sem computador e muito menos internet. Sem shopping, sem supermercado e farmácia. Sem carro. Sem poluição. Sem devedores de bancos e cartões de crédito.
Um Brasil que valoriza a família, os amigos, a comida de todo dia. Que não conhece apagão, congestionamento, caos aéreo.
É apenas um dos muitos Brasis que a maioria de nós não conhece.

6 comentários:

WAGNER BELMONTE disse...

da próxima vez vê se leva o seu namorido. rs. acho que ele vai gostar. a propósito: onde é a livraria cultura mais próxima?

Carol Rocha disse...

Muita saudade de você. Muita!

Belisa disse...

Muito legal, Carol! Adorei os seus vídeos. Deve ser emocionante mesmo ver um pouco desse Brasil que só conhecemos pela televisão, jornais, revistas e pelos livros de Milton Hatoum. Boa sorte por aí! bjs

Carol Rocha disse...

Oi, guria!! É realmente surreal ver pessoas vivendo sobre o rio, em flutuantes. Enquanto a gente se preocupa com a velocidade da nossa internet, com a programação da TV a cabo, com o que se discute no twitter, eles pescam e cuidam dos filhos. Simples assim. beijos!!

james emanuel disse...

Menina, que aventura gostosa!!!

Isso é disso que o seu mapa gosta, parabéns!


*

Carol Rocha disse...

Oi,James!!
Meu mapa gosta disso?? hehehe

Eu também, mas estou com saudade de casa...